Laboratório de Termodinâmica e Tecnologia Supercrítica – LATESC
  • BOAS FESTAS!

    Publicado em 20/12/2018 às 16:50

    Imagem relacionada

    BOAS FESTAS E FELIZ ANO NOVO, É O DESEJO DE TODA EQUIPE LATESC!


  • LATESC FORMA MAIS UM DOUTOR

    Publicado em 03/12/2018 às 16:44

    Dr Alcidênio Soares Pessoa  com sua tese: PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE COCRISTAIS DO RESVERATROL POR TÉCNICAS A BAIXA PRESSÃO E EM MEIO SUPERCRÍTICO

    Banca:

    Prof. Dr. Marcelo Lanza – presidente – PGEAL/UFSC

    Prof. Dr. Gean Pablo Silva Aguiar – membro externo – UNOCHAPECÓ

    Prof. Dr. Acácio A. F. Zielinski – membro interno – PGEAL/UFSC

    Dr. Luiz Gustavo Rodrigues – membro interno – PGEAL/UFSC

    Suplente Drª Sandra Regina Salvador Ferreira – membro interno – PGEAL/UFSC

    Co-orientador Prof. Dr. José Vladimir de Oliveira – membro interno – PGEAL/UFSC

    Parabéns Dr Alcidênio Soares Pessoa!!!

    Desejamos muito sucesso e felicidades ao amigo!
    E agradecer pelo aprendizado!


  • LATESC na 14ª Meia Maratona Internacional de Floripa

    Publicado em 28/11/2018 às 23:42

    Aconteceu no último domingo (25/11) a 14ª Meia Maratona Internacional de Floripa e como não poderia deixar de ser, integrantes do LATESC foram representar a equipe que sua a camisa na pesquisa e equilibra com as corridas de rua, a rotina do dia-a-dia.

    Madrugando o LATESC Runners ganha mais adeptos!
    Parabéns a cada um, que fez de seu domingo um dia de superação de limites. E que venha mais desafios!

     

    “100% de mim não é nada se comparado a 1% do time todo”

    Eliud Kipchoge


  • CURSO NO LATESC – Micropipeta: Funcionamento, uso correto e manutenção

    Publicado em 20/09/2018 às 15:48

    Os instrumentos de medição são fundamentais em laboratórios que necessitem de aferições exatas de volumes, o que garante a qualidade dos resultados das análises. A pipeta é um instrumento de uso diário nos laboratórios. Sem ela seria inviável realizar os processos de análise devido aos volumes de reagentes e de amostra envolvidos.

    Existem muitos fatores que podem alterar a exatidão da medida desses volumes na pipetagem, entre eles a qualidade do equipamento e, principalmente, o conhecimento e a habilidade do operador durante seu manuseio. 

    Com intuito de afinar os procedimentos corretos no manuseio, foi realizado na manhã do dia 20/09 um curso aos integrantes do laboratório, destacando os tópicos:

    • Escolha da micropipeta;
    • Cuidados a serem tomados;
    • Limpeza;
    • Calibragem;
    • Armazenamento;
    • Técnicas de utilização.

    Todos fatores de suma importância no ambiente laboral científico.

     

    Agradecemos ao Sr. Eslei Xavier pela troca de informações.


  • NOVA DOUTORA DO LATESC

    Publicado em 13/09/2018 às 23:13

    Drª Páulia Maria Cardoso Lima Reis  com sua tese: ENCAPSULAÇÃO DO ÓLEO ESSENCIAL DA FOLHA DE LOURO (Laurus nobilis L.) POR EXTRAÇÃO POR FLUIDO SUPERCRÍTICO

    Banca:

    Prof. Dr. Haiko Hense – presidente – PGEAL/UFSC

    Prof. Dr. Leandro Danielski – membro externo – UFPE

    Prof. Dr. Dachamir Hotza – membro externo – PPGENQ/UFSC

    Profª Drª Sandra Regina Salvador Ferreira – membro interno PGEAL/UFSC

    Dr. Gean Pablo Silva Aguiar – membro externo – UNOCHAPECÓ

     

     

    Parabéns Drª Páulia!!!


  • Otimização de Processos de Extração de Compostos Bioativos

    Publicado em 11/09/2018 às 18:42

             O suprimento de necessidades fisiológicas, no que tange a alimentação, saúde física e mental do homem fez com que no decorrer da história técnicas e investigações acerca de plantas e recursos naturais fossem utilizadas para este fim. O discernimento de compostos provenientes de plantas seguras pela população e a transmissão desse conhecimento pelas gerações, justifica o interesse da comunidade científica por estudos sobre produtos derivados de plantas.

          As restrições ligadas à variabilidade natural de compostos e a concentração destes, responsáveis pela atividade desejada, faz com que alternativas de obtenção sejam estudadas de modo a viabilizar sua utilização através de extratos.

              Para tanto o design de experimentos ou delineamento experimental, é ferramenta de suma importância no processo de planejar e tratar dados obtidos mediante os métodos laboratoriais empregados nas pesquisas.

                Em função das práticas, foi ministrado um minicurso de Otimização de Processos de Extração de Compostos Bioativos pelo Prof. Dr. Acácio A. F. Zielinski do Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC.


  • Síntese assistida por Micro-ondas: Monowave 300

    Publicado em 06/09/2018 às 13:32

    O Latesc em parceria com a empresa Anton Paar disponibiliza aos seus pesquisadores o Monowave 300. Esse equipamento é um reator de micro-ondas de alto desempenho projetado especialmente para aplicações de síntese assistida por micro-ondas em pequena escala em laboratórios de pesquisa e desenvolvimento. Hoje em dia, a irradiação de micro-ondas é empregada com sucesso na extração de compostos bioativos de diferentes matrizes.


  • Seminário Iniciação Científica – SIC 2018

    Publicado em 16/08/2018 às 13:10

    O Seminário de Iniciação Científica (SIC), tem por objetivo institucionalizar política de Iniciação Científica,  qualificar alunos de graduação para os programas de pós-graduação, promover um modo sustentável de apresentação de resultados de pesquisas no âmbito das bolsas de iniciação científica e tecnológica.

    A apresentação de resultados obtidos durante a vigência do período de iniciação científica e tecnológica, torna-se atrativa, de modo que possa contribuir com a formação de recursos humanos e a atividade de pesquisa. Além disso, para reconhecer as melhores pesquisas por meio de premiação específica para cada categoria.

    Nesta semana foram apresentados os trabalhos:

    – AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DE EXTRATOS DE SEMENTE DE MAMÃO (Carica papaya L.)

    Este é resultado do trabalho de iniciação científica da acadêmica Carolina Guimarães, realizado no Latesc!
    Se você gostou, deixe seu curtir no Youtube

    – AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA E ANTIOXIDANTE DE EXTRATOS BIOATIVOS DE COGUMELOS Pleorotus sajor-caju OBTIDOS A ALTA PRESSÃO

    Este é resultado do trabalho de iniciação científica da acadêmica Marcos Antonio Castiani, realizado no Latesc!
    Se você gostou, deixe seu curtir no Youtube


  • PRÊMIO CAPES DE TESE 2018

    Publicado em 02/07/2018 às 12:46

                            Tornou-se público na última semana de junho a publicação da decisão mediante  comissão de avaliação designada pela portaria 27/2018/PEAL de 14 de junho de 2018, para indicação de tese à concorrer ao Prêmio CAPES de Tese – Edital nº 016/2018, pelo Programa de Pós-Graduação Em Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC.

                           O Prêmio CAPES de Tese 2018 é outorgado para as melhores teses de doutorado, selecionadas em cada uma das quarenta e nove áreas do conhecimento reconhecidas pela CAPES nos cursos de Pós-Graduação adimplentes no Sistema Nacional de Pós-Graduação. Serão concedidos prêmios especiais para áreas pré-determinadas em parceria com a Fundação Carlos Chagas e com a Comissão Fulbright. O Grande Prêmio CAPES de Tese será outorgado em parceria com a Fundação Conrado Wessel.

                         Com base na avaliação interna, foi consenso unânime entre os membros da Comissão Avaliadora, indicar para o Prêmio CAPES a tese da Drª Gláucia Regina Medeiros, desenvolvida também nas dependências do LATESC.

     

    Autor: Gláucia Regina Medeiros

    Orientador:  Prof. Dr. Bruno Augusto Mattar Carciofi

    Coorientadora: Profª. Drª. Sandra Regina Salvador Ferreira.

    Título da tese: Impregnação de óleo essencial de cravo da Índia (Eugenia caryophyllus) em filmes de polietileno linear de baixa densidade utilizando dióxido de carbono em altas pressões.

     

    RESUMO DA TESE

     

                         O princípio da incorporação de agentes ativos em materiais poliméricos está relacionado ao conceito de embalagem ativa para alimentos, que consiste em um material tecnológico incorporado de compostos ativos capazes de interagir com alimentos, liberando ou absorvendo substâncias a fim de controlar o crescimento microbiano e os processos oxidativos. Estas embalagens ainda proporcionam uma barreira às condições externas, prolongando a vida de prateleira e a qualidade dos produtos embalados. O desenvolvimento de tecnologias inovadoras para embalagens de alimentos é resultante tanto da preferência dos consumidores por produtos com maior vida de prateleira e conveniência quanto da indústria alimentícia. A impregnação assistida por dióxido de carbono (CO2) em altas pressões tem como principal vantagem a operação em temperaturas baixas, permitindo o processamento de compostos termossensíveis. Agentes ativos naturais, como os óleos essenciais, apresentam reconhecida atividade antimicrobiana e antioxidante, além de serem classificados como compostos de baixo risco à saúde. Desta forma, o óleo essencial de cravo da Índia (OEC) (Eugenia caryophyllus), um agente ativo termossensível, multicomponente e naturalmente rico em eugenol, foi incorporado em filmes de polietileno linear de baixa densidade (PELBD) por meio da impregnação assistida por CO2 em altas pressões. Os parâmetros operacionais de pressão, temperatura, fração mássica de OEC:CO2, tempo e taxa de despressurização foram avaliados em uma célula de alta pressão com volume variável. A impregnação do OEC em filmes de PELBD foi mais eficiente com o aumento da temperatura e da fração mássica de OEC:CO2, mas com a redução da pressão e da taxa de despressurização. A quantidade máxima de OEC foi impregnada em 2 horas de processamento. Os filmes processados com CO2 puro em alta pressão mantiveram suas propriedades térmicas e mecânicas. A incorporação do OEC aumentou a mobilidade das cadeias poliméricas, reduzindo a resistência à tração dos filmes. Filmes impregnados na máxima taxa de despressurização foram mais suscetíveis às variações na topografia e na morfologia da superfície. A migração do OEC em soluções de etanol nas concentrações de 10 e 95% (v/v), que simulam alimentos com características aquosas e oleosas, respectivamente, foi governada pelo mecanismo de transferência de massa por difusão. O coeficiente de difusão efetivo do OEC no PELBD variou entre 5,4 x 10-13 e 1,0 x 10-12 m2 s-1. De forma geral, os parâmetros operacionais podem ser ajustados para aumentar a incorporação do OEC nos filmes poliméricos, mas apresentam efeito desprezível na difusividade do OEC no PELBD e nas propriedades termomecânicas dos filmes. A impregnação assistida por CO2 em altas pressões é uma tecnologia inovadora para incorporar compostos ativos em matrizes poliméricas. Os filmes de PELBD impregnados com OEC apresentam potencial aplicação em embalagens ativas para alimentos.

     

     

    Artigos completos publicados em periódicos:

     

    MEDEIROS, GLAUCIA R.; GUIMARÃES, CAROLINA; FERREIRA, SANDRA R. S.; CARCIOFI, BRUNO A. M. Thermomechanical and transport properties of LLDPE films impregnated with clove essential oil by high-pressure CO2. JOURNAL OF SUPERCRITICAL FLUIDS, v. 139, p. 8-18, 2018. https://doi.org/10.1016/j.supflu.2018.05.006.

     

    MEDEIROS, G. R.; FERREIRA, S. R. S.; CARCIOFI, B. A. M. High pressure carbon dioxide for impregnation of clove essential oil in LLDPE films. Innovative Food Science & Emerging Technologies, v. 41, p. 206-215, 2017.

    https://doi.org/10.1016/j.ifset.2017.03.008.

     

     

    Parabéns à nossa colega Gláucia!!


  • Novos doutores no LATESC!

    Publicado em 20/06/2018 às 18:29

    Novos doutores no LATESC

    O último mês de Maio foi marcado pelas defesas de tese dos colegas de laboratório.

    Dr. Evertan Antonio Rebelatto com sua tese: EQUILÍBRIO DE FASES DE SISTEMAS CONTENDO DIÓXIDO DE CARBONO, ω-PENTADECALACTONA E COSSOLVENTES EM ALTAS PRESSÕES: DADOS EXPERIMENTAIS E MODELAGEM TERMODINÂMICA

    Banca:

    Prof. Dr. Marcelo Lanza – presidente – PGEAL/UFSC

    Prof. Dr. Marcos Lucio Corazza – membro externo – UFPR

    Profa. Drª. Cláudia Sayer – membro externo – POSENQ/UFSC

    Prof. Dr. André Wüst Zibetti – membro interno – PPGEAL/UFSC

    Dr. Pedro Henrique Santos com sua tese: OBTENÇÃO DE COMPOSTOS BIOATIVOS DE FEIJOA – Acca sellowiana (O.Berg) Burret – POR MÉTODOS À BAIXA E ALTA PRESSÃO

    Banca:

    Prof. Dr. Haiko Hense – presidente – PGEAL/UFSC

    Prof. Dr. Leandro Danielski – membro externo – UFPE (videoconferência)

    Prof. Dr. Pedro Luiz Manique Barreto – membro externo – CTA/UFSC

    Dra. Simone Mazzutti – membro interno

    O LATESC parabeniza os colegas pelas defesas e título de Doutores em Engenharia de Alimentos pela UFSC.

    Muito sucesso!